Notícias

Edital

Contribuição Sindical

@Secovi-PE - 29/01/2019


O Sindicato das Empresas de Compra e Venda, Locação e Administração de Imóveis e dos Edifícios em Condomínios Residenciais e Comerciais do Estado de Pernambuco - SECOVI –PE, sediado na Rua Ernesto de Paula Santos,960 lj, 03 Boa Viagem , inscrito no CNPJ sob o nº 24.566.663/0001-36, devidamente registrado no Ministério do Trabalho e Emprego, Código Sindical nº 000.002.000.89616-7 com base territorial no estado de Pernambuco, com exceção da cidade do Cabo de Santo Agostinho, por seu representante legal, com fundamento nos artigos 8º e 149º da Constituição Federal; artigo 217, inciso I da Lei 5.172/1966 – Código Tributário Nacional; e, em atendimento ao disposto nos artigos 580, 587 e 605 do Decreto Lei nº 5.452/1943 – Consolidação das Leis do Trabalho, NOTIFICA em pública forma os representantes legais dos condomínios residenciais, comerciais e mistos , dos flats e shopping centers, das empresas de compra, venda, locação e administração de imóveis próprios ou de terceiros e de condomínios, das incorporadoras de imóveis e das loteadoras, na sua base de representação sindical, que a partir das alterações introduzidas pela Lei nº 13.467/2017 o pagamento da Contribuição Sindical passou a ser facultativo; entretanto, permanece sendo a principal fonte de custeio para o exercício das prerrogativas da entidade sindical – representação e defesa dos interesses coletivos da categoria. A opção do representado deverá ser exercida, através do pagamento da Guia de Recolhimento da Contribuição Sindical Urbana – GRCSU até o dia 20 de fevereiro de 2019. Recolhimentos após a esta data seguem o disposto no art. 600 da CLT. As pessoas jurídicas representadas pelo sindicato deverão calcular sua contribuição de acordo com a tabela abaixo. Os condomínios Edilícios, segmento sem personalidade jurídica e sem capital social, também representados pelo Sindicato, recolherão a contribuição mínima da Tabela, correspondente a R$ 234,15. Recife, 29 de janeiro de 2019. Márcio Luís de Oliveira Gomes e Silva – Presidente.
TABELA PARA CÁLCULO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL
VIGENTE A PARTIR DE 01 DE JANEIRO DE 2018
LINHA CLASSE DE CAPITAL SOCIAL (em R$) ALÍQUOTA % PARCELA A ADICIONAR (R$)
01 de 0,01 a 29.268,75 Contr. Mínima 234,15
02 de 29.268,76 a 58.537,50 0,8% -
03 de 58.537,51 a 585.375,00 0,20% 351,22
04 de 585.375,01 a 58.537.500,00 0,10% 936,60
05 de 58.537.500,01 a 312.200.000,00 0,02% 47.766,60
06 de 312.200.000,01 em diante Contr. Máxima 110.206,60

Copergás vai investir R$ 42 mi para ampliar gás natural em Pernambuco

Copergás investirá os recursos em projetos que visem expandir a rede de distribuição do combustível

@Eduardo Barbosa, da FolhaPE - 10/01/2019


Quarta maior distribuidora de gás natural canalizado do Brasil, a Companhia Pernambucana de Gás (Copergás) montou um plano de investimento ampliado para os próximos cinco anos. Apenas este ano, a companhia investirá R$ 42 milhões em projetos para expandir a distribuição do combustível. Até 2023, já há investimento fechado de R$ 220 milhões, podendo ser ampliado a depender de próximos projetos previstos. Por esse planejamento, a rede de distribuição terá crescimento de 200 quilômetros (km), saindo de 800 km em 2018 para 1000 km em 2023. A carteira de clientes da companhia também irá aumentar: serão 43 mil clientes a mais, saindo de 37.221 em 2018 para 80.113 em 2023.

De acordo com o diretor técnico comercial da Copergás, José Waldir Ferrari, esta é uma nova fase de retomada de grandes investimentos pela companhia. “A empresa voltou a olhar para o interior do Estado. Vamos atender municípios importantes para gerar renda, já que os clientes são em sua maioria residenciais, comerciais e industriais”, ressaltou Ferrari.

Atualmente, 23 municípios são atendidos com rede de distribuição do gás natural e cinco municípios atendidos por Gás Natural Comprimido (GNC). “O gás natural é o menos poluente dentro dos combustíveis fósseis. É um combustível versátil, econômico, que gera calor, frio, energia elétrica e energia motor”, explicou Ferrari.

Um dos projetos que está aprovado pela Copergás é a chegada do gás natural em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Por meio de um formato pioneiro no Estado, o combustível sairá da rede de gás de Caruaru e chegará a Garanhuns através de um caminhão. Depois, ele será introduzido na rede de Garanhuns para ser distribuído aos consumidores. “Essa rede local em Garanhuns deve ser concluída em 2020. Mas nossa intenção é de no futuro fazer a interligação para esse gás chegar por gasoduto. E o importante é que haverá uma garantia de comércio e indústria porque naquela região iremos atender empresas como Vipal, Jatobá e Nestlé”, informou o assistente de diretoria da Copergás, Fábio Morgado. Para esse projeto de 7 km de rede, serão investidos R$ 3,4 milhões.

O gás natural também irá ser entregue em Olinda. Com conclusão prevista para abril deste ano, 2.500 clientes, entre eles comerciais e residenciais, deverão utilizar o combustível. “Iremos atender um empreendimento importante na região, que é o Shopping Patteo. O gás será entregue para os bairros de Bairro Novo e Casa Caiada”, contou Morgado. Neste projeto de 11,6 km de rede, foram investidos R$ 4,2 milhões.

Ainda estão previstos construção de rede de distribuição de Camaragibe até o município de Carpina de R$ 27 milhões de investimento para entrega em 2021. Além desse, os municípios de Moreno será atendido a partir de 2019 para a fábrica da Tramontina e Suape ganhará rede em 2019 para fábrica da Aché.