Notícias

Saiba como usar o cartão virtual do auxílio emergencial em mercados, farmácias e postos de gasolina

Já é possível fazer compras em mercados, farmácias, abastecer o carro gasolina e pagar boletos sem precisar sacar o valor ou ter um cartão físico

@Fonte: Portal JC Online - Economia - 20/05/2020


O beneficiário do auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal pode usar o dinheiro através do cartão de débito virtual do aplicativo Caixa Tem, sem precisar sacar o valor ou ter um cartão físico. A medida é uma alternativa para desafogar a demanda nas agências da Caixa Econômica Federal, que desde o início da pandemia assistem a um cenário de superlotação de clientes que precisam sacar o dinheiro. Com o cartão virtual, já é possível fazer compras em mercados, farmácias, abastecer o carro gasolina e pagar boletos.

Além da Celpe, que passou a permitir o app como forma de pagamento da conta de luz dos pernambucanos, supermercados e gigantes do comércio digital também têm adotado a ferramenta em suas lojas. É o caso das marcas do Grupo BIG - Big, Big Bompreço, Super Bompreço, Maxxi Atacado, Sam’s Club e TodoDia.

O Grupo Carrefour Brasil também possui a solução em mais de 480 unidades, que incluem super e hiperrmercados, farmácias e postos de combustíveis. É possível conferir a lista de todas as lojas e horários de funcionamento no site da empresa.

O Grupo Pão de Açúcar, detentora das redes Extra, Pão de Açúcar e Assaí, habilitou a possibilidade de os clientes usarem o cartão virtual do auxílio em compras e pagamento de boletos. A medida contempla as lojas Assaí Atacadista, Compre Bem, Pão de Açúcar, Minuto Pão de Açúcar, Pão de Açúcar Drogaria, Extra Hipermercados, Extra Supermercados, Mercado Extra, Mini Extra e Drogarias Extra.

No comércio eletrônico, grandes marcas implementaram o recurso. É possível usar o débito digital nos sites Magazine Luiza, Extra.com.br, Lojas Americanas, Submarino e Shoptime.

- Como funciona o cartão:

Para começar a usar, o cartão virtual deve ser habilitado através do aplicativo CAIXA TEM, disponível gratuitamente na Play Store (Android) e App Store (iOS). Acesse o aplicativo com seu CPF e crie uma senha de 6 dígitos. Depois, clique em ‘Cartão de Débito Virtual’ e siga as instruções na tela.

Toda vez que for feita uma compra, o app vai mostrar um código de segurança de três dígitos diferente, que muda a cada uso. Cada cartão tem o limite de 10 transações por dia.

Aos correntistas do banco, a quem a ferramenta também está disponível, o site da ELO ensina a acessar a tecnologia pelo app da Caixa ou Internet Banking.

- Como usar para pagar fatura da Celpe:

Além da fatura recente, os clientes podem realizar o pagamento de contas de meses anteriores, caso estejam em aberto. A inciativa também beneficia clientes baixa renda cadastrados na Tarifa Social que ultrapassem 220 kwh.

O Cartão Virtual da Caixa Econômica Federal é disponibilizado de forma gratuita aos correntistas do banco; ele deve ser emitido por meio do Internet Banking ou pelo aplicativo da Caixa. Para efetuar o pagamento da fatura de energia, o cliente deve acessar o site da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) e clicar em "Pagamento com Cartão".

Após isso, é necessário clicar em "Pagamento com Cartão Virtual Caixa Elo" para ser redirecionado para um cadastro com login e senha. O cliente irá encontrar um ambiente de pagamento da Celpe-Flexpag – plataforma utilizada pela Celpe para pagamentos com cartões de crédito e Cartão Virtual Caixa Elo.

Após fazer o login na plataforma, o cliente deve selecionar as faturas em aberto e informar o número do cartão virtual emitido pela Caixa e selecionar a opção "débito" para realizar o pagamento. No final do processo, um comprovante de pagamento será emitido.

Em caso de dúvidas com relação à seleção de faturas e realização de pagamento no site da Celpe, o cliente pode entrar em contato com a Companhia pelos canais digitais da empresa e teleatendimento, número 116. Já quem tiver dúvidas sobre o funcionamento do cartão virtual, pode encontrar mais detalhes no site da Caixa.

Escritórios voltam gradualmente e concessionárias ampliam a retomada a partir de hoje

@Fonte: Portal FolhaPE - Economia - 06/07/2020


Cinquenta municípios das Gerências Regionais de Saúde do Recife, Limoeiro e Goiana avançam para a 5ª etapa do Plano de Convivência com a Covid-19, com protocolos de segurança e higiene. A partir de hoje, o Governo de Pernambuco liberou a retomada dos serviços de escritório, como de advocacia, corretoras de imóveis e de contabilidade, com 50% dos funcionários. Além desse setor, os serviços de venda, vistoria e aluguel de veículos poderão funcionar com 100% dos funcionários - no dia 15 de junho, esse setor voltou com 50% da carga de trabalho presencial. O segmento de Feira e Polos de Confecções e os jogos de futebol profissional sem torcida, que estavam previstos para também retomarem hoje, foram retirados e ainda haverá uma nova avaliação amanhã.

A região do Agreste, que está na etapa 2 do plano e tem os municípios de Caruaru e Bezerros em isolamento rígido, terá reavaliação feita de acordo com esse último fim de semana. Isso também acontecerá com o Sertão e a regional Palmares. Segundo o governo, a Mata Sul, o Agreste e o Sertão ainda têm índices não estabilizados de contágio da Covid-19 e, por isso, é necessário cautela no avanço das flexibilizações.

Para a retomada, os serviços de escritórios terão que seguir protocolos específicos de higiene e segurança divulgados pelo governo do Estado. Alguns exemplos são: escalonar o horário de chegada e partida dos funcionários; priorizar um número mínimo de participantes para reuniões presenciais; priorizar a ventilação natural e acompanhar diariamente a sintomatologia dos trabalhadores. Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, esse segmento é muito amplo, por isso os protocolos foram feitos em conformidade com os mesmos estudos que vão embasar o de escritórios do setor público.

Um dos escritórios que deve retomar gradualmente as atividades presenciais a partir de hoje é o Queiroz Cavalcanti Advocacia. Um comitê de retomada foi criado pelo escritório para definir as medidas de segurança. "Vamos voltar com uma parte. Com todos os cuidados, vamos voltar com 25% da capacidade hoje. Para isso, o escritório passou por reformas para garantir o distanciamento entre as pessoas e todas as medidas necessárias. Além disso, o grupo de risco foi orientado a continuar em home office", contou o coordenador de comunicação do escritório, Túlio Korossy, ao complementar que o local, que fica no bairro do Espinheiro, Zona Norte do Recife, conta com 600 funcionários.

Em continuação à retomada, o serviço de veículos poderá voltar com 100% de sua carga de trabalho presencial. Eles seguirão os mesmos protocolos específicos do varejo, como: proibição de eventos nestes locais; mercadorias devolvidas ou trocadas devem ser corretamente higienizadas; utilizar meios de comunicação para informar aos clientes as medidas de segurança adotadas e revisar as rotinas de recebimento de mercadorias.

De acordo com o diretor regional da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores de Pernambuco (Fenabrave-PE) e do Sindicato dos Concessionários de Veículos de Pernambuco, Paulo Figueiredo Júnior, na prática, as concessionárias não devem voltar com 100% dos funcionários porque as vendas não estão com 100% da sua capacidade. "A previsão é que julho tenha 70% da capacidade de vendas comparada à média do ano passado, pré-pandemia. A estimativa é que chegue em 80% das vendas até o final do ano. Nossa aposta na demanda de vendas é pelas pessoas preferirem comprar carro para ter mais segurança e evitar utilizar transportes que são compartilhados por outras pessoas", disse Júnior.

Protocolos a serem seguidos pelos setores que retomam a partir de hoje

Protocolos setoriais – Serviços de veículos (mesmos do Varejo)

Distanciamento social
- Fica proibida a realização de eventos públicos nesses locais
- O uso de elevadores deve ser desestimulado
- Em caso de assentos à disposição, demarcar a distância entre eles
- Revisar as rotinas de recebimento de mercadorias

Higiene
- As mercadorias devolvidas ou trocadas deverão ser corretamente higienizadas
- Funcionários, clientes e colaboradores devem sempre usar máscaras

Comunicação e monitoramento
- Utilizar meios de comunicação para informar aos clientes as medidas de higiene adotadas
- Utilizar todos os meios de mídia interna para divulgar informações sobre a prevenção do contágio
- Para empresa com mais de 20 funcionários, além da sintomatologia, deverá ser realizada a medição de temperatura


Protocolos setoriais - Serviços de escritório

Distanciamento social
- Escalonar o horário de chegada e de partida dos funcionários
- Reduzir a ocupação máxima de elevadores
- Para reuniões presenciais, priorizar o número mínimo possível de participantes

Higiene
- Fornecer instalações para lavagem das mãos ou álcool 70%
- Priorizar a ventilação natural

Comunicação e monitoramento
- Utilizar os meios de comunicação para informar aos clientes sobre as medidas adotadas de higiene
- Incluir o acompanhamento diário da sintomatologia dos trabalhadores
- Definir orientações claras de uso e limpeza dos banheiros